GT Religião e poder no Brasil oitocentista

GT RELIGIÃO E PODER NO BRASIL OITOCENTISTA

Coordenação:

  • Ana Rosa Cloclet da Silva
  • E-mail: anacloclet@gmail.com
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/6648577383927409

 

  • João Miguel Teixeira de Godoy
  • E-mail: joaomigueltgo@yahoo.com.br
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/8077230876092443

 

Comentários:

  • Fábio Augusto Morales
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/0162502837256869

 

  • Marcelo Leandro de Campos
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/1283367554666266

 

  • Pedro Henrique Cavalcante de Medeiros
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/1419821329763725

 

RESUMO

O GT propõe discutir pesquisas sobre as complexas relações entre religião, cultura e poder no Brasil oitocentista. Neste período, no qual em grande parte vigorou a união institucional entre Igreja Católica e Estado brasileiro, desenvolveu-se uma intrincada trama de relações entre as várias expressões religiosas presentes no território nacional e a política. Mesmo a Igreja Católica, considerada religião majoritária, abrigava interpretações diferentes sobre sua religiosidade, disciplina, relação com o poder estatal, com a cultura dos diferentes segmentos ou regiões do território e com as outras expressões religiosas. Adentrando a segunda metade do século XIX e começo do XX, estas relações entre as diferentes religiões e formas de religiosidade, bem como entre religião e política, sinalizaram com um singular processo de secularização no Brasil, marcado pela inegável ligação com o religioso. O GT está aberto a todas as pesquisas que tratam da relação entre religião e outros setores da sociedade brasileira no século XIX, desvendando caminhos profícuos para a compreensão da singular construção de nossa sociedade moderna e secular.

Palavras-chave: Religião; poder; secularização.

 

Acesse, curta e compartilhe:

Site da ABHR           #ABHR          Canal da ABHR no Youtube         

 Facebook da ABHR 2018           Instagram da ABHR 2018           Twitter da ABHR 2018