GT Religião e Gênero em Espaços Plurais

GT RELIGIÃO E GÊNERO EM ESPAÇOS PLURAIS

Coordenação:

  • Ana Luíza Gouvêa Neto
  • E-mail: analu172@hotmail.com
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/8279527630211124

 

  • Andiara Barbosa Neder
  • E-mail: andiaraneder@yahoo.com.br
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/3164115820154630

 

Comentários:

  • Ana Beatriz de Vilhena Pereira
  • E-mail:abeatriz.vilhena@gmail.com
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/1082865234136946

 

  • Paulo Victor Zaquieu Higino
  • E-mail: paulovictorzh@hotmail.com.
  • Lattes: http://lattes.cnpq.br/3825375716999316

 

RESUMO

Atualmente, as relações interpessoais se articulam nos mais diversos ambientes sociais e virtuais. Tais contextos, que se apresentam em trânsito perene, trazem intrinsecamente questões relativas a gênero e religião. Questões essas que se definem histórica e socialmente em ambiente culturais, onde absorvem e tramitam entre tais influências presentes no meio. Destarte, discutir as relações de poder que se constroem no interior do espaço religioso e levantar questionamentos acerca de como essas relações refletem movimentos na área de gênero se mostra de suma importância. A religião, como sistema de sentido, influencia na maneira dos sujeitos se reconhecerem na sociedade, construindo identidades e contextos hierárquicos sexuais. Este GT objetiva suscitar discussões em torno das relações entre gênero e religião, considerando os espaços diversos onde tramitam e se articulam, tangenciando ademais seus possíveis desdobramentos socioculturais.

Palavras-chave: Gênero; religião; relações de poder.

 

Comunicações Orais aprovadas e ordem das apresentações:

 

 

Dia 11/10/2018 (SESSÃO EXTRA)

 

A teologia feminista e a face materna de Deus

Thayane de Nazaré de J. Nascimento

 

Irmãs e irmãos azuis: Questões de gênero e religião

Juliana Neri Munhoz

 

Ao Natural”: o modelo de beleza para as mulheres adventistas nos anos 1980 a partir da Revista Vida e Saúde

Luanna Fernanda da Cruz Bach

 

Gênero e Religião: breve etnografia sobre as mulheres da Congregação Cristã no Brasil

Polyanny Lílian do Amaral Braz

 

“Bela, recatada e do blog: mulheres católicas conservadoras na internet.”

Paulo Victor Zaquieu-Higino

 

Liderança religiosa e política de mulheres: Um estudo de caso

Morgane Reina

 

Dia 12/10/2018

 

“Feministas Cristãs” no Facebook: possibilidades de diálogo entre feminismo e religião nas redes sociais

Patrícia de Morais Della Justina  e Maria Elisa Maximo

 

(Des)fazendo o gênero nas redes educativas de comunidades tradicionais de terreiro

Fábio Labri

 

Ser Homem e Mulher: Uma análise dos papéis femininos e masculinos a partir das lições bíblicas (2010-2014)

Micheli Soares Santos

 

Entre Adão e Eva a experiência de conversão de mulheres transexuais

Hugo Felipe Quintela

 

Uma Jesus travesti? A queerização de Jesus como a indecentização do discurso teológico

Tainah Biela Dias (UMESP)

 

Sexualidade e Religião na pós-modernidade: Tensões e entendimentos 

Bruno Xavier Gnocchi

 

Dia 13/10/2018

 

As bruxas de Hans Baldung Grien: O uso da linguagem religiosa como sistema político de imposição de regras e manutenção de poderes

Thaís Chianca Bessa Ribeiro do Valle (UNICAP)

 

De bruxas à putas: A religião como forma de controle social e manutenção da violência contra os corpos das mulheres

Gabrielle Scola Dutra  e Charlise Paula Colet Gimenez

 

Resoluções Tridentinas e Controle Social: A Normatização do Corpo Feminino no Brasil Colônia

Raylane Ramos

 

Amai-vos uns aos outros: Linhas que costuram resistências

Renan da Cruz Maciel

 

“Orientação da Igreja para moças e senhoras”: Análise dos discursos normatizantes da imprensa católica na década de 1950 (Santa Catarina)

Kelly Caroline Noll da Silva (UDESC)

 

Imperatrizes, esposas e gueixas: O poder da figura feminina no Xintoísmo

Vanessa Mayumi Matsuoka

 

Dia 14/10/2018

 

A autonomia feminina na Assembleia de Deus – Missões

Ana Luíza Gouvêa Neto (UFJF)

 

Masculinidades na prisão através das vivências de sujeitos evangélicos

Ana Beatriz Vilhena

 

A serviço do que se move: A tradição cambiante da festa dos santos peregrinos

Andiara Barbosa Neder (UFJF)

 

Mais que um mero apêndice do marido: Mrs. Cary, a missionária casada do romance protestante de Mary Hoge Wardlaw

Sergio Willian de Castro Oliveira Filho (UNICAMP/CEHIR)

 

A atuação das mulheres na igreja Metodista em Porto Nacional

Raphaela K. Corrêa de Paula

 

A criação do grupo de pesquisa Religião, Gênero, Violências: Direitos Humanos na Faculdade Unida de Vitória – ES: Histórico e perspectivas

Claudete Beise Ulrich (Faculdade Unida de Vitória)

 

Acesse, curta e compartilhe:

Site da ABHR           #ABHR          Canal da ABHR no Youtube         

 Facebook da ABHR 2018           Instagram da ABHR 2018           Twitter da ABHR 2018